sábado, 18 de dezembro de 2010

I Refuse To Be A Victim

Meu irmão usou o PC três dias direto - manhã, tarde e noite; comendo, mijando e cagando sentado, muito parecido com o episódio de South Park relacionado a WoW - e parece que amanhã ele tem curso de inglês, então, precisa dormir cedo.

Engraçado, que nego na minha família é ótimo, minha mãe fala que eu sou 'nada' pra ela, meu irmão diz que me odeia e tal. Assim, hoje em dia eu acho engraçado, mas já fiquei muito triste por isso, mas, passou. As coisas sempre foram assim comigo: nego me destrói, caga pra mim e, depois de um tempo, eu simplesmente ignoro. Solenemente. Comigo, não há segunda chance.

Não faço questão nem de fingir. Segue diálogo:

[Depois de eu dormir fora no dia após a discussão]

Mãe: Lembrou que tem casa?
Eu: Sim.
Mãe: Já jantou?
Eu: Não.
Mãe: Porque não?
Eu: Porque eu não quis.
Mãe: E pao alimenta?
Eu: Não sei, pergunta pra ele. [Sim, quando eu estou puto eu mando uma dessas]
Mãe: Você é muito grosso, que absurdo e zzzzzzzzz...
Eu: Ok. Terminou?
Mãe: Chama seu irmão que zzzzzzzzzzz...

Fiquei quase 3 dias sem acesso à minha vida social virtual e eles acham que eu vou ficar em casa chorando e dormindo. NUNCA! Se tem uma coisa que eu não sou é acomodado com esse tipo de coisa. Ninguém me viu entrando em blog, FB, twitter nesses dias. Mas ó, fui à praia (gente, como não tinha ido em Ipanema antes? Aquele point da Farme de Amoedo é...O point!), revi amigos e fiquei bêbado com eles. Me diverti PRA CARALHO.

Além disso, fiquei mais de 50 minutos conversando com uma pessoa que tem rondado meus pensamentos. Mas é aquela coisa, né, mora longe e tal. Gastei 5 reais dos meus míseros 9 reais de crédito até Fevereiro, beijos, só em SMS. Detalhe que foram 50 minutos de conversa enquanto eu estava bêbado e às 3 da manhã. E eu to nessa vibe meio envolvida e tal, daí eu conto: nem conheço, nem vi foto, comofas? O fato é que estou pensando em como seria se essa pessoa estivesse na minha vida neste momento. Como seria poder simplesmente abraçá-la e dizer: "Minha vida é uma merda", só pra ouvir "Vai ficar tudo bem".

Como disse DPNN, nós temos que recusar assumir o papel de vítima da estória. Eu até tento - embora quem tente não consiga pra continuar tentando - mas não tenho vocação pra vítima. Pra ficar num canto lamentando 'Porque eu?', não faz o meu tipo. Todo mundo tem esses momentos, a diferença é o tempo que a gente leva pra sair deles.

Sou do tipo que se o cara que eu to pegando pega outro na minha frente, eu olho, fico puto, vou lá e dou um beijo triplo. Depois viro e pego 3 na frente dele. Se nego vem falar mal de mim, eu sorrio, odeio por alguns segundos, vou e falo 3x pior. Na frente dela. Constragimento? Sabemos como fazer. Minha fase de chorar pelos cantos já passou, na época em que eu não tinha  força física - ainda não tenho - nem intelectual pra suportar alguns problemas.

Estou de férias e quero aproveitá-las. Quero ainda pensar muito nessa pessoa. Tenho que aproveitar muito esse momento. E, ó, meta pública: perder a virgindade até o carnaval.

Farei um financiamento e logo meu Notebook chegará. Claro, que vou fazer meu irmão pesquisar os preços, escolher o melhor custo-benefício pra mim e depois voltar a ignorá-lo solenemente. Falso? Não. Depois de apanhar algumas vezes, a gente aprende a dançar conforme a música.

E vou contar a vocês, estou dançando bem pra caralho.

19 comentários:

Rodrigo disse...

"E vou contar a vocês, estou dançando bem pra caralho"
adorei ler isso!

é isso ai, cara!
boas férias
e beijo enorme pra ti

Antonio de Castro disse...

what?! virgem?!

ok, eu sou escroto e sintetizei seu texto todo nisso, mas é q é difícil imaginar q alguem aqui ainda seja virgem.

eu sei, um idiota eu...

Ro Fers disse...

Putz nao está nda fácil aew...
mas tu está certo, tem mais que sair, se divertir, zuar com amigos, e resto é consquencia....

Borboletas nos Olhos disse...

Me reserva uma valsa no teu caderninho de dança? Família é um troço difícil (a não ser a minha, hahaah). A-do-rei saber que você saiu por aí batendo pernas e se divertindo (e ainda rolou uma inveja, ai ai, Ipanema). E quero saber mais novidades desse aí que vem ocupar seu coração comigo, afinal vamos ser roomates..

Bjs, marido, que bom que esse note está a caminho.

Dêco disse...

Quero dizer que se essa pessoa com quem você falo na madrugada não resolver o problema da virgindade, estou me candidatando.
Tudo em seu tempo, quer seja no amor, na relação familiar, em lidar com as pessoas. Mas o melhor de tudo é que vc aprendeu a dançar a música que a vida toca, mas te garanto, às vezes, é preciso você fazer tocar uma música que vc escolher.
Um beijo enorme.

Anônimo disse...

Não transforme a perda da virgindade numa meta. Vc vai se arrepender. Eu fiz isso. Na época peguei um cara gostosão, porém um completo babaca. A transa foi marrom, marrom menos...rsrs Me arrependo até hoje. Espere conhecer alguém legal e deixe acontecer. No meio gls há essa pressão pelo sexo, mas vc não é um bicho, não precisa agir como um animal. Sexo é bom quando é prazeroso. Esse povo que acha que sentir dor com uma rola de 20 e poucos cm no cú é algo maravilhoso, sinceramente, precisa nem comentar, né? Vc é um cara inteligente, não caia nessa tb!

BsVoxx disse...

Isso sim é recusar-se a ser vítima ... O mundo é fabuloso, praia, farme, gente maneira para povoar os nossos pensamentos ... Eu acredito piamente gente escrota, cedo ou tarde terá q voltar para os esgotos ... Qto ao Tel, sugiro a TIM 0,25 cents salva qualquer orçamento ... sorte com seu note (Em geral, depois de 10/01/11 aparecem mega promoções) ... arrisca um jogo na mega da virada, vai q em 2011, vire tudo para melhor ... Concordo com o comment acima ... Virgindade nao combina com meta ... Bjs

Daniel disse...

Amei o post, super divertido. Era para ser dramatico?
Olha quando voce menos esperar vai perder a virgindade, nem se planeja isso. E ate hoje nunca planejo as fodas, elas acontecem e eu me divirto.
Bjs de Londres
Dan
www.sembolso.blogspot.com

Paulo Braccini disse...

Parabéns Gui! é por aí q começamos a nos impor. O Dêco foi perfeito nesta colocação: "vc aprendeu a dançar a música que a vida toca e isto é bom, mas te garanto, às vezes, é preciso você fazer tocar uma música que vc escolher." Pense e mergulhe nisto ...

te cuida

bjux

;-)

Lobo disse...

Desculpa ter sido grosso com você no telefone. Tava meio puto, mas é o tipo de coisa que passa depois de 5 minutos. Tô tranquilo, tô bem. E que bom que a praia foi boa. Da próxima vez a gente marca a tarde, que e pra não ter mais problema de dormir mais que a cama hahaha.

Agora, que bom que essa história com seu irmão não chegou ao ponto da violência. Fico muito feliz mesmo que as coisas estejam encaminhando...

Agora, meta para perder a virgindade? Nem vou comentar isso...

Um beijo Gui!

Le Voyeur disse...

é isso aew guri...
teve uma epoca q tava meio assim tb. dançava conforme a musica. ate q rodei a baiana, chutei o pau da barraca e fui la no DJ e MANDEI ele colocar a musica q eu queria ouvir! ALOKAAA

bjs do voy

FOXX disse...

ser vítima e lamentar são coisas diferentes na minha opinião...

vc não deixou de ser vítima ai, aconteceu coisas com vc, é claro q a postura muda tudo, mas por exemplo, no post anterior do bloguicídio vc estava bem mais pra vítima do que agora...

SG disse...

A-mei este post.

É isso mesmo. Leva o tombo, machuca o joelho, mas levanta rápido, arruma a roupa e sai andando, como se nada tivesse acontecido.

Afinal, do que adiantaria ficar ali, estirado no chão, chorando?

Adorei também o "estou dançando bem pra caralho".

Beijão!

wonderfulcauseiam disse...

Falôu viu - "olhar blasê".

Confesso que me surpreendi quanto à virgindade.
Não esperava isso de você Guilherme! (tom de mãe chorosa que descobre que o filho é gay).

Abraços!

Candy disse...

Sério mesmo que você é virgem? Nossa, que milagre! Que raridade! Se eu fosse você aproveitava e leiloava sua virgindade. É uma boa chance. XD

E é isso aí. Aqui em casa eu tbm já aprendi a Dançar... :)

Bjs

DMalk disse...

Gui virgem???

Meu deus me surpreendi...

deve ser pq eu ultimamente to confundindo maturidade com experiência...

Deco falou tudo (e ainda entro pra concorência)...

Anônimo disse...

O que um bom post. Eu realmente gosto de ler esses tipos ou artigos. Eu não posso esperar para ver o que os outros têm a dizer.

Júlio César Vanelis disse...

Gui, adoro quando você fala assim... Vc tá mais do que certo, se importe apenas com quem se importa com você. Ainda to puto com vc pq vc não me revelou a identidade do tal pelo qual vc ta caidinho, mas eu supero (kkk, uma hora vc vai me contar). Vamos marcar outra praia, agente saiu muito cedo na sexta (também adorei Ipanema, apensar da bronca que levei do salva-vidas).
Enfim, esse é o Gui ue eu conheço, não se abala por nada. E quanto a virgindade, não sei como que vc ainda é virgem cara, kkkkkkkkkkkk

Um beijo Amigo... Até o próximo!!!

railer disse...

cara, família é tudo na vida da gente. tente tirar algo bom desse relacionamento.

se quiser conversar, mande email pra mim (no topo do meu blog) e a gente troca msn.

abraços!