domingo, 7 de novembro de 2010

Carinho. Apenas Carinho.

Sabem, a minha vida não está em uma das melhores fases. Isso não quer dizer que ela esteja ruim. Eu estou sem bolsa desde maio e isso tá fudendo com a minha vida. Minha mãe tá nessa de me dar o mínimo possível pra tudo e meu pé de meia pra saídas tá acabando, daqui a pouco eu vou acabar entrando no cheque especial, e isso não é bom. Teoricamente, essa fase de pobreza mor passará no final do mês, quando a bolsa do PET cair.

Emocionalmente falando, eu ainda estou naquela fase emotiva pra caralho. E carente. Muito carente. Acho que isso explica porque eu sempre fico com uma pessoa a noite inteira. Quando a gente faz pegação, beija e vaza, não dá tempo de ouvir umas coisas legais, de ter um outro tipo de beijo, de toque, de abraço. Eu estou ficando de namoradinho toda festa que eu vou. Não sei dizer se é ruim ou não. Mas pra quem estava acostumado na regra do 'pelo menos 2', é estranho. Mais estranho é pensar que eu tinha uma cota de pegação quando saía.

Estou extremamente confuso.

Acho que a coisa que mais tem me ajudado nesse momento é o blog. É receber o carinho de vocês, muitas vezes daqueles que não comentam, mas que se dão ao trabalho de ler. E daqueles que tem ainda mais trabalho de comentar. Daqueles que vem aqui deixar uma palavra de carinho, de discordância ou não. E eu não tenho falado do número de comentários, mas do teor deles.

Eu fiz esse post, basicamente, pra agradecer a todos vocês. Que começaram a acompanhar ontem ou há  quase 2 meses atrás (sim, já faz esse tempo todo). Eu queria poder responder cada comentário com um beijo e abraço. Com alguma palavra que retribua o conforto que eu tenho ao ler o blog de vocês e ler o comentário de vocês aqui.

Obrigado pelo carinho. Ele não poderia vir em melhor hora.

Obrigado por tudo.

19 comentários:

Júlio César Vanelis disse...

Ahh amigo, eu sei como é passar por problemas financeiros... O melhor deles é que eles passam, e os seus vão meter o pé rapidinho, vc vai ver...
Quanto ao sentimentalismo Gui, sinceramente, vc já ta na fase de procurar um namorado (sério, não to brincando). Não adianta ter um namoradinho só por uma noite, não dianta nada, só dura uma noite mesmo... Só um namorado que te valorize do jeito que vc merece vai curar essa carencia (mas não pare de escrever se arrumar um, ta? rsrsrs)

Abraços

David ®... disse...

tudo q posso dizer é ..estamos de olho em vc ;)

bjo enorme

Dois Perdidos na Noite disse...

Poderia ser pior né, já pensou se passasse a noite em branco, sem ninguém? kkk

Você ainda é jovem, essas coisas passam com o tempo, não que a gente deixe de ter problemas (inclusive financeiros), mas a gente aprende a dimensionar as coisas.

Um abração!

Antonio de Castro disse...

mas ficar de namoradinho tb pode ser bom, né?

BSvox disse...

Quero aprender a ser sintetico como vcs ... Concordo com o comment de todos acima. Essas fases de dureza passam e ficar de namoradinho a noite toda é ótimo ... Ficar sem nenhum é que é Fod* ... na minha época de balada era assim meta: 01, resultado em 90% zero ... Qdo ficava era de namoradinho. Risos. Eu sempre acreditava que me ligariam no outro dia. Tenho alma de mulher?

S.A.M disse...

Beijao e o carinho é todo teu!

Se cuida hein, carencia é foda, experiencia propria! rs

Lobo disse...

Sem bolsa? Hahaha, toca aqui o/
Mas o tempo passa rápido mesmo. Daqui a 2 semanas meu blog faz 1 ano. UM ANO! Juro pra você que não parece que já foi esse tempo todo ahauahauahau

Mas fica frio, que tudo passa. ia até fazer a piadinha infame da uva passa, mas desisti, é demais ahauahauahau

Um beijo!

Paulo Braccini disse...

Relaxa querido ... esta fase parece q é tendência ... mas tudo passa ...

todo o meu carinho por vc ... pouco tempo mas já aprendi a admirar e a respeitar vc e seu trabalho por aqui ...

bjux

;-)

Borboletas nos Olhos disse...

Maridão (todo mundo pode saber do compromisso, né?) você sabe que você ganhou meu coração tão rápido que, provavelmente, isto merecia estar no Guinness. Liseira é dose e eu falo com enorme conhecimento de causa. Mas, como todos disseram, passa, pra gente que tem verve e estilo como você. Quanto ao carinho, estou aqui (e, logo, se der certo, vou te dar um abração real e não só virtual).
No mais, um convite. E não é fácil, não. Dia 25 de novembro é o dia internacional de combate à violência contra a mulher. Vou participar de uma blogagem coletiva mas pensei em fazer uma semana toda sobre o tema e temas afins e estou convidando alguns queridos pra participar com um guest post. Que tal? Você pode tratar o assunto como quiser não precisa ser específico. Topa? Topa? Topa?

FOXX disse...

cota de pegação? nossa! eu já fui assim! hauahauhau

Daniel Braga disse...

Bem, garanto que é uma fase isso de bolsa e etc.
Mas agora eu entendi o porquê de você ter se jogado em cima de mim no ônibus 268 ontem, sentido centro.. era CARÊNCIA! HAhah, mentira. Era seu sono mesmo.
Sentou do meu lado e você nem me reconheceu. Fica pra próxima.

*DB*

SG disse...

Sei bem o que é a época das vacas magras. Também recebia bolsa, quando era estagiário. Mas aí, o contrato acabou, e veio o último ano super atribulado...

E o pior não é nem a falta de dinheiro. É ter de dar satisfação ao "banco", de como se vai "investir" o dinheiro...

Enfim. Coisas passageiras.

Ah, e eu é que tenho que lhe agradecer. Pelos assuntos que você coloca aqui tão bem, e por aturar a chatice que é comentar no WordPress!

Abração!

hellomotta disse...

Gui, se não fosse por esse carinho ou até mesmo pelos ouvidos (ou seriam olhos?) blogueiros, metade de tudo não faria sentido.

Adorei ver vocês ontem, e essa presença constante (pessoal ou virtualmente) dá uma renovada sem igual!

Melhoras pra ti, e quando quiser fazer algo pra dar um up no astral, grita! =]
(ps.: se me falar de praia em plena segunda feira, serás um adolescente morto!)
ahahahah

beeeeijo, guri.

loveandglamour disse...

Carencia? Nós resolvemos isso já! Hahah BJOS

Daniel Braga disse...

HAHa, tinha certeza? Seeei.
Não, nós não nos pegamos, hahahah!
E eu não falei porque tava com vergonha de você não lembrar de mim, oras :S

Eu tava indo pra uma peça de teatro no CCBB. E você?

*DB*

Borboletas nos Olhos disse...

Husband,

já que você topou eu queria seu texto para o dia 23/11, pode ser? É que vou colocar os posts convidados durante a semana toda pra dar tempo dos leitores conhecerem cada blogueiro...

Bjs maritais (rsrsr)

Autor disse...

Owwww, que menino mais fofo e afetivo.

Tom disse...

De nada, fio!
(se bem que cheguei agora!)
Sabe que isto me parece mais Conversa de quem está CRESCENDO e querendo simplesmente mais que "no-mínimo-dois"...
Abraço!

Borboletas nos Olhos disse...

Maridão, acabei de ver que agora tem email pra contato (ui!)...vou mandar explicações do post pra lá, viu?