sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Pequenas Igrejas, Grandes Negócios

Ontem eu tive uma breve discussão com uma pessoa levemente cristã. Hoje eu li sobre toda a discussão que está rolando sobre o apoio da parcela religiosa dos votantes, principalmente na posição em relação ao aborto.

Senti raiva. Em ambas as situações, ficou claro o quanto esse povo perturbado da cabeça usa o nome de Deus para fazer apenas o bem pessoal. O quanto eles são capazes de manipular tanta gente que NÃO necessariamente é pouco esclarecido. Existem Igrejas de ricos e de pobres, queridos.

Eu fiz uma breve compilação de algumas coisas que em 2 minutos de Google você encontra:





Agora alguém me explica como qualquer pessoa com um mínimo de massa encefálica (não venha me falar de Fé, por favor, é um conceito que vai muito além de acreditar como massa de manobra em qualquer coisa que alguém que se auto intitulou representante de Deus fala) consegue CONTINUAR frequentando esse tipo de lugar?
A Igreja Evangélica é, hoje, apenas uma máquina de se fazer e de lavar dinheiro (haja vista o fato de que o casal Hernandes, que estão citados no link, fizeram o culto dos EUA porque estão em LIBERDADE CONDICIONAL DEVIDO À LAVAGEM DE DINHEIRO. Adivinhem, agora, da onde?). Sem comentar o Edir Macedo, né?

E isso também acontece na Igreja Católica sim, só não tem tanta divulgação. Acho que, bem ou mal, lá eles são mais comedidos e pelo menos não vendem BENÇÃO:


Simplesmente deprimente acreditar que nós vivemos numa sociedade que permite isso.


Deixei uma parte do post específica pra essa criaturazinha chamada Silas Malafaia. É fato que Silas é uma bichinha pão-com-ovo que sonha em serelepiar por aí. Mas, isso:



Acho interessante falar de preservação da espécie e em "macho e fêmea", conceitos que suscitam temas científicos e que, por sua vez, demonstram o quão equivocado é esse conceito. Certamente, ele nunca ouviu falar de um lugar chamado China. Então deixa eu te contar uma coisa, Silas, a espécie humana está longe de ser extinta por falta de reprodução, principalmente, porque nem todo mundo é gay. Mas não espalha não, tá?

Pra finalizar (ufa!) tem esse vídeo que, pra mim, é uma obra-prima. Masterpiece mesmo.


Sério, se vocês seguem a Bíblia tão fielmente, porque estão COBRANDO TRÊS vezes o valor do dízimo? Pedindo, inclusive, às pessoas as quais VOCÊS supostamente deviam ajudar? Até quem mora de favor porque e não ganha dinheiro tem que contribuir?

Trevas. Simplesmente trevas.

Às vezes me pergunto se ou eu nasci no mundo errado ou se são só pessoas querendo colocar o mundo de cabeça pra baixo.

Amarrado 3x.

Hana Macantarava Suya!

9 comentários:

David ®... disse...

acho q "o povo" que contribui não é tão inocente e sem inteligência assim como pregam...vejo diariamente no meu cotidianos o q essas pessoas pensam. Eles doam sim mas porque querem receber de volta em dobro. Como se fosse uma aplicação financeira mesmo só q baseada na fé deles.
Eles querem sempre prosperidade e riquezas. Agora pergunta se os irmãos estão doando pra ajudar a combater a fome no sertão ou na África. Pergunta se alguém faz jejum para mulheres não serem apedrejadas no Irã. Eles estão interessados apenas em RECEBER as bençãos.
Foda!
bjão e bom finde.

Paulo disse...

E todo esse rebuliço dos dois candidatos atrás dos votos de cristãos e evangélicos serviu apenas para uma coisa: garantir meu voto nulo!!! Ou eles acham que não existem ateus entre os eleitores também?

Estou votando num candidato à presidência ou pro novo conselho de bispos??? É sobre política ou religião que estamos falando???

Não voto em nenhum deles depois dessa palhaçada!

Mulher Asterísco disse...

Viva o estado laico!!!

Autor disse...

#CleycianneFeelings total aqui.

Minha opinião: religião é o esgoto da humanidade. Mas, como bem já dito, é um mal necessário!

Assunto espinhoso, sempre.

Lobo disse...

Uma vez que você instala um ideal em um coração vazio, que já perdeu todas as esperanças, é praticamente impossível tirar aquele ideal de lá. E esse estado de desamparo e desesperança, infelizmente, é o estado em que se encontra a maior parte da população do país. Não adianta mostrar as provas de tudo que ela segue é deturpado: ela segue acreditando, porque não tem em que mais se apoiar.

Gui disse...

Acho que independente da classe social e do grau de instrução, a pessoa sempre tem uma escolha. Ela sempre pode, de algum jeito, questionar as coisas. Se ela opta por, mesmo diante de diversos fatos, continuar acreditando nisso (existem tantos outros pilares pra gente se apoiar e, condenar as Igrejas não pressupõe não acreditar em Deus), ela está se deixando manipular.

E uma pessoa que se deixa manipular MERECE ser ROUBADA, sim.

Então é aquela velha história: cada um tem o que merece?

JC disse...

Gui, covenhamos... Vc não é tão ingênuo assim!!!

É claro, eu não estou tiranto o mérito do poder de pesuasão e de controle de massas de todos esses líderes "religiosos". Mas, é claro, temos que consderar também que para esse povinho nojento e asqueroso doente da cabeça (digo, os crentes mesmo)é bem conveniente se associar a uma instituição sólida, protegida pelo Estado, que transformam os seus preconceitos mais infundados em verdades absolutas, nem que eles tenham que "doar" uma boa parcela de seus salários para manter isso.
Essas igrejas, na minha visão, são apenas bons negócios que descobriram a melhor maneira de vender esse produto, a fé (digo, a pobreza da alma do ser humano)
Por isso que eu sou ateu... É deprimente pensar que esse Deus, supostamente bondoso emisericordioso, teve origem nessa lama nojenta...

railer disse...

o problema é que muita gente acha que a verdade está num livro e daí se fecha a qualquer coisa além daquilo.

Anônimo disse...

REPETINDO AS PALAVRAS DE JESUS. '' Deus perdoá- os eles não sabem o que dizem. '' NÃO GENERALIZEM SEM PROPIEDADE PRA FALAR DO QUE NÃO CONHECEM,